quinta-feira, 2 de abril de 2015

Editoriais

Muita gente vem perguntar-me como consigo que meus filhos participem em produções fotográficas para revistas. Eu também já quis muito saber, mas só quando os meus filhos entraram para a True Sparkle que entendi que seria só através de agências e ou contactos de produtoras. Eu sonhava, em que um dia, abrisse uma revista e visse um dos meus filhos, e hoje posso dizer, que já vi em algumas revistas e até capa de uma delas...babada como sou, sabe mesmo bem.
Infelizmente, há algumas produções com resultado final fantástico, mas o que antecede não foi nada de especial, que nem mesmo água havia para beberem. E há também o contrário, com o resultado nada de mais, mas com um tratamento antecedente "vip"... há de tudo! Garanto-vos: em todas que meus filhos participaram a diversão não faltou, e isso sempre é o mais importante para eles.
Normalmente a seleção para estes editoriais, são feitos através de fotos, ou seja: é pedido um determinado tipo físico de crianças, que são apresentadas ou pela agência, ou mesmo tu, diretamente à produtora. A partir daí, marca-se o local da produção, o horário (normalmente é bem rápido) e é só festa para os miúdos, eles gostam mesmo, e para nós pais, sabe ainda melhor, quando são bem tratados, e divertem-se.
Não sei em outros países, ou mesmo se com adultos é assim, mas cá em Portugal, a maioria destas produções não dão cachet as crianças, e quando dão, é bem baixo (acho que é pouco, se em comparação com outro uso de imagem para marcas) as vezes, oferecem um "miminho", e outras, nem oferecem condições para mudar roupa as crianças... Creio que pode haver mudança nestes aspectos, e vir a melhorar, tanto as condições, como na forma mais generosa de compensar as crianças envolvidas nestas produções.
Independente de compensar ou não as crianças, o importante é que sejam bem tratadas, e que haja o mínimo de diversão para eles, e isso temos que ser nós pais a ficar de olho, e garantir tudo de bom para nossas estrelas.