quarta-feira, 4 de março de 2015

Entrar no Meio Artístico

Tenho recebido muitas mensagens e dúvidas quanto a deixar ou não o filho entrar no meio artístico.Respondi pessoalmente a alguns, mas posso dizer aqui publicamente que não é um meio fácil, mas é mágico e compensador em muitas áreas.
Já disse em outro artigo, que há muita concorrência. Umas bem válidas, com crianças lindas  e cheias de talento, e outras nem tão válidas assim, pois são aquelas que tem as chamadas cunhas, e entram sem mérito algum, e aquelas que os pais passam por cima de tudo e de todos para que o filho consiga algo. Inicialmente achava que não seria possível que meus filhos triunfassem no meio, sem cunhas, ou sem alguns "empurrões". Estava enganada, felizmente!
É possível sim, e com muito louvor, entrar no meio e subir graduadamente, sem passar por cima de ninguém, irradiando talento, mas também trazendo muita inveja, a quem não consegue com mérito próprio. Nada nas nossas vidas é fácil, pois não? Portanto, há de saber dar a volta por cima, e continuar o caminho. Procuro ao máximo proteger os meus filhos, e não deixá-los perceber que há pessoas que não ficam felizes com o sucesso deles, e até os deseja mal.
Faz-me imensa confusão haver pessoas que desejam mal a pessoas, muito mais confusão me faz, desejar mal ás crianças, e posso garantir-lhes que há muito neste meio. Os meus filhos não têm a mínima noção que isso se passa, pois o que eles querem é divertirem-se e fazer novas amizades, e neste meio proporciona muito estes prazeres a eles. Felizmente as crianças são inocentes e não imaginam do que os seus pais são capazes para que "eles" triunfem.
Costumo dizer, que não é apenas uma carinha bonita, mas um conjunto de qualidades para se conseguir entrar no meio. As oportunidades são para todos, mas temos que ter noção que não há "trabalhinho" para todos. Não é preciso, passar por cima de ninguém, para que o filho tenha sucesso, a hora dele chegará, e temos que nos concentrar nisso. Ninguém é insubstituível, e se não for hoje ele participar num anúncio/catálogo, quem sabe será amanhã? Existem outras maneiras de fazer com que o filho tenha sucesso no meio, sem ser por meios menos próprios. Use a criatividade e faça acontecer, se a espera não é uma das tuas virtudes.
Agora cabe a si, a decisão de querer ou não seu filho no meio. Eu gosto muito, mas há vezes, que apetece sumir com os meus tesouros para bem longe disso.